"Causos" da Arqueologia

A Luta com Papel Higiênico

03/03/2014

Buenópolis é uma pequena cidade no centro-norte de Minas Gerais. Nossas pesquisas na região são na Serra do Cabral. Escavamos ali uma gruta, a Lapa Pintada III, com cenário fantástico e que era acessada por uma pequena rampa de sedimento. Dentro, há inúmeros blocos. A escavação revelou uma grande quantidade de material lítico, requerendo muito cuidado e proteção para o transporte.

Para isto, utilizávamos, como sempre, grande quantidade de papel higiênico, um dos maiores amigo dos primeiros arqueólogos brasileiros! É incrível a quantidade de coisas que os arqueólogos fazem com o papel higiênico.

Como disse, a gruta é acessada por uma rampa, estando uns 3m acima do nível do campo à frente. Uma de nossas colegas manipulava um rolo de papel higiênico bem junto a esta rampa. Por um descuido momentâneo o rolo escapou de sua mão e começou a rolar cada vez mais rápido, rampa abaixo e ela olhando. Até que alguém gritou “pega” e nossa colega teve uma atitude brilhante: começou a puxar a ponta do papel, que, quanto mais puxava, mais desenrolava, e evidentemente, ao puxar mais se enrolava no papel.

Neste dia, diante desta cena uma comédia pastelão, depois que cessamos as gargalhadas, tivemos que “recolher” uma múmia...

Autor: Paulo Seda

Envie seus "CAUSOS" para o IAB !!!