"Causos" da Arqueologia

A Primeira noite de André Prous... no Brasil!

10/03/2014

Recentemente, me lembrei da minha primeira noite no Brasil, em 1970.

Eu tinha chegado da Bolívia e ia rumo a São Paulo, onde tinha marcado encontro com Luciana Pallestrini, com quem ia escavar um sítio Tupigurani em Piraju.

Cheguei de ônibus na capital paulista e fui para o endereço que ela me tinha indicado (ainda lembro que era na Rua Oscar Freire). Lá chegando o porteiro me informou que ela já tinha viajado a Piraju, e deixado instruções para que eu fosse encontra-la lá, numa casa que ela já tinha alugado naquela cidade.

Peguei, portanto, outro ônibus para Piraju. Lá cheguei pelas 11 da noite, e tudo estava fechado, sem nenhuma luz acesa na casinha que ocupava a esquina de uma praça. Não quis despertar a Luciana, que a esta altura já devia estar dormindo, e lancei um olhar panorâmico nos espaços circundantes. Avistei então o cemitério que ocupava um lado inteiro da mesma praça. Acima da minha mochila vislumbrei a rede na qual tinha dormido durante os últimos meses e também não pretendia gastar meus preciosos cruzeiros recém-trocados procurando um hotel aberto. Pulei o muro do cemitério e lacei duas cruzes vizinhas para instalar a rede. Dormi profundamente no meio das assombrações, até, de manhãzinha, quando um estupefato guardião do cemitério veio sacudir minha instalação. Visitei então com interesse o campo santo, onde apreciei as muitas informações gravadas nas lajes, muitas das quais eram do tipo: "aqui jaz fulano de tal, covardemente assassinado com tantos tiros", etc. Posso dizer desta forma, que meus primeiros conhecidos no Brasil foram mais mortos do que vivos, e envolvidos em atmosfera épica.

Ainda bati na porta da casa a tempo para tomar o café com Luciana e Filoca, antes de sairmos para escavar. No sítio conheci os escavadores, todos cearenses, cujo falar cantante entusiasmou meus ouvidos.

Assim foi minha primeira noite em terra brasileira; talvez um sinal de que eu seria nela um dia sepultado.

Autor: André Prous

Envie seus "CAUSOS" para o IAB !!!