Processamento de Material Arqueológico - Porto Maravilha - Fase I

Em Outubro de 2014 o IAB participou e ganhou o processo licitatório instaurado pela Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro (IRPH/CDURP) para executar o projeto de curadoria do material arqueológico coletado pela equipe da arqueóloga Tania Lima do Museu Nacional no Projeto Porto Maravilha Fase I que escavou a Região do Porto do Valongo em 2010/2011.

Em dezembro de 2014 o contrato foi assinado e as atividades de instalação do laboratório provisório de arqueologia urbana foram iniciadas. 

A estrutura foi instalada no Galpão B da Rua da Gamboa e uma mega operação de curadoria arqueológica vem sendo feita em cerca de 120 caminhões de aterros coletados durante a pesquisa, cujo material cultural depois de peneirado, limpo, analisado e inventariado vem sendo juntado aquele já guardado em contêineres pela equipe anterior, na busca de suas correlações com antigas ocupações e usos na cidade.  

Em fase de finalização, (novembro de 2015) já foram selecionados e classificados mais de um milhão de artefatos.

Para realizar este trabalho imenso uma equipe com cerca de 50 funcionários foram mobilizados e coordenados por Ondemar Dias, Jandira Neto, Cida Gomes e Graziela Francisco do IAB ao longo de dez meses do ano de 2015.