Arqueólogos do IAB visitam ruínas de São João Marcos durante Festival Literário

Em 2008 foi realizada pelo Instituto de Arqueologia Brasileira-IAB a avaliação do potencial arqueológico das ruínas da cidade de São João Marcos no Rio de Janeiro. Nos dois anos que se seguiram foram efetuadas escavações pela mesma instituição que conduziu ao evidenciamento de importantes prédios e áreas da cidade, para a instalação de um parque arqueológico e ambiental. Veja aqui os detalhes da pesquisa.

 

Em 2017, portanto sete anos depois, a arqueóloga Jandira Neto, do IAB, participou do concurso de contos, promovido pela administração do parque e a Editora Cidade Viva, para publicação no segundo volume de Contos de São João Marcos. Tendo sido o seu conto “A Igreja que nasceu do Chão” um dos selecionados.


No último sábado, 18 de março, foi realizado o evento Festival Literário de São João Marcos para a apresentação do livro no Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos e contou com a presença dos autores dos contos e seus convidados, e ainda a Senhora Francis Miszputen, Gerente de projetos do Instituto Cidade Viva (instituição que gerencia o parque), Jane Rocha, representante da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura de Rio Claro e o historiador Francisco Ramalho, ativista cultural e um dos idealizadores para a construção do parque.

O Professor Ondemar Dias e alguns funcionários e amigos do Instituto de Arqueologia Brasileira prestigiaram o evento e emocionaram-se ao reverem as estruturas (muitas já completamente evidenciadas) as quais fizeram ressurgir no passado.