Alunos encantam-se com o IAB e com o Curso de Bioarqueologia!

O que dizem os restos faunísticos num contexto arqueológico? Por que é tão importante identificar a fauna do meio ambiente numa pesquisa?

Os restos faunísticos dentro de um contexto arqueológico vão contar basicamente sobre determinada forma de subsistência de um determinado grupo, o meio ambiente no qual estavam inseridos e, de acordo com as diversas utilizações como agulhas, colares, colheres e outras produções feitas de ossos, seu grau de tecnologia e o seu nível cultural. É o que se tenta transmitir em um dia de curso através da teoria e prática no contato direto com esses materiais.

Na última quinta-feira, 03 de maio foi então realizado o curso básico de Bioarqueologia na sede do IAB. Ok, ok, foram poucos alunos. Idealizamos 10 vieram 6. Mas foram pessoas que queriam muito, que abriram mão de aula em Mestrado, que negociaram um dia de trabalho e que vieram de longe para participar. E sabem o que foi o melhor? Percebê-los completamente surpreendidos com o que viram! Espantados por até então desconhecerem o incrível acervo arqueológico coletado e salvaguardado durante 57 anos de pesquisas num instituto sediado na periferia de uma cidade considerada a de menor IDH do país.

Quando foi comunicado que os próximos cursos seriam ministrados no centro do Rio de Janeiro ouve-se o Júlio Neves: “mas, ah!, qual será a graça?! Tantos serão privados de conhecerem e se maravilharem com o IAB!”

Outros se expressaram em suas páginas na rede social:

“Estou apaixonada pelo IAB”, diz Daiana Aragão.

“Fiz o curso de zooarqueologia. Foi maravilhoso! Todos são muito receptivos!” (Luíza Kow)

“Participei do curso de Bioarqueologia. Excelente curso, excelente equipe em todos os sentidos. Visitem, cursem e saiam de boca aberta.” (Ewerton Santos.)

O reconhecimento ao nosso empenho de manter essa instituição, que é um dos maiores patrimônios, em seu nicho, do nosso país, mesmo em tempos financeiramente difíceis como o que atravessamos hoje e em meio ao aumento da violência e insegurança pública que assola a Baixada Fluminense - local onde está estabelecida a Instituição -  é o que nos impulsiona fortemente determinados a driblar todos os obstáculos e continuar mantendo erguida a nossa bandeira!

Agradecemos a todos a confiança em nosso trabalho e esperamos poder continuar contribuindo com conhecimentos que catapultem a vida acadêmica e cultural de cada um!

Sejam, todos, sempre bem vindos!

Texto: Antonia Neto

Fotos: Alessandro Silva e Antonia Neto