IV Turma - Aulas de Novembro - Parte II

Vinte e dois e vinte e três de novembro foram dias de aulas da Pós-graduação em Arqueologia - Parte II para a IV Turma já que, especialmente este mês, foram dois finais de semana.  No curso da Faculdade Redentor ministrado nas instalações do Instituto de Arqueologia Brasileira-IAB, foram geridas, pelas professoras Jandira Neto e Cida Gomes, as disciplinas: “Metodologia Geral do Planejamento Orçamentário” e “Práticas Contratuais e Execução de Projetos Arqueológicos”.

Antes do início da aula propriamente dita, no sábado, foi sugerido “um minuto” de “aquecimento inespecífico”, com o objetivo de integração do grupo e circulação da energia corporal, uma vez que muitos haviam dirigido por horas até aqui. E começou a aula. Disciplinas cujos propósitos são, respectivamente, orientar como elaborar um projeto para uma pesquisa arqueológica sob a perspectiva do planejamento orçamentário, com todas as especificidades para que ele seja aprovado pelo Iphan. E isso inclui toda a infraestrutura necessária às pesquisas de campo até o relatório final, passando pelas etapas de classificação, análises, armazenamento, transporte e, por fim, guarda do material resgatado. E uma ampla orientação quanto aos aspectos legais para a execução de um projeto e principais aspectos contratuais previstos na sua elaboração e execução.

Ao final da aula do segundo dia foi distribuída uma ficha de avaliação pedagógica para que, os que desejassem, respondessem. Entre as mais de 20 perguntas e mais opções para outros comentários foi perguntado se o aluno ou a aluna recomendaria este curso à outra pessoa e,100% dos 98% que responderam, disseram “sim”, mesmo que declarar sua identidade fosse facultativo, que nos leva a nos mantermos fortemente determinados a fortalecer este que é um dos pilares da nossa missão: o Ensino da arqueologia brasileira.

Agradecemos aos alunos e alunas por terem respondido com o máximo de honestidade possibilitando nortearmo-nos em relação às suas expectativas e caminharmos na direção de atendê-las, salvo impossibilidades além das nossas competências (Faculdade Redentor/Instituto de Arqueologia Brasileira-IAB)