I Encontro do Grupo de Estudos Cultura e Religiosidade Afro - Brasileira

O Instituto de Arqueologia Brasileira – IAB representado pelo seu Diretor Presidente Ondemar Dias e pela Arqueóloga e  Gestora de Patrimônio Jandira Neto, participaram  da mesa de abertura deste Encontro. Este aconteceu no dia 13 de dezembro de 2014 no Centro Cultural Jose Bonifacio, na Rua Pedro Ernesto na Gamboa – Rio de Janeiro.

Na abertura Blonsom Faria discorreu sobre a obra  que vem sendo desenvolvida pela senhora Mercedes no Instituto Pretos Novos – IPN desde a descoberta do sitio de mesmo nome em 1996, época em que o IAB fez a abordagem de caracterização do sitio e o revelou para o mundo. O material bioarqueologico  (ósseo humano) coletado  na ocasião e salvaguardado pelo IAB já rendeu três importantes trabalhos científicos ( vide publicação no site) e continua sendo de interesse para outros  pesquisadores.

Um publico atento e interessado acompanhou as informações dadas e participou com perguntas. Dona Mercedes e autoridades também falaram sobre o enorme esforço que vem sendo empreendido pelo grupo para dar conta das demandas geradas em torno do Patrimônio e  de falta de parcerias mais significativas para sua manutenção.

Com o tema , escravidão, devoção e cultura popular : olhares diacrônicos, o Encontro se propôs a discutir  a diáspora negra e seus aportes de memória, passando pelas questões das representações da marginalia sagrada feminina , como o culto as pomba giras e avançando com o legado  dos cantos e danças deixados como herança na cultura popular brasileira.

Foi sem duvida uma iniciativa importante para estimular o Grupo e demais interessados no assunto,  a buscarem mais axé para prosseguir  na hercúlea tarefa de fazer a gestão de mais esse  formidável patrimônio do povo brasileiro sem os necessários recursos.