IV Turma – Aulas de Janeiro

O Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, desde sua criação, baseia-se em legislação específica para a gestão dos bens culturais tombados, representativos de diversos segmentos da cultura brasileira; e a aula ministrada no sábado, 24 de janeiro de 2015, no Curso de Pós-graduação em Arqueologia da Faculdade Redentor que se realiza nas instalações do IAB, tratou da questão Legislação/Patrimônio por Regiane Gambim (arqueóloga do Iphan). Foram discutidas leis, decretos e portarias sobre os bens patrimoniais.

 A proteção constitucional infraconstitucional. Os crimes contra o patrimônio cultural e da competência do Estado para apurar. A relação organizações internacionais (UNESCO e OEA) e o patrimônio cultural. Quais são os Documentos Internacionais importantes e relativos à proteção do patrimônio cultural e material e imaterial. Direito à Cultura e Direitos Humanos.

No domingo, 25, o professor Ondemar Dias forneceu aos alunos (de origens e formações diferenciadas), uma visão dos diversos conjuntos de métodos arqueológicos, suas bases teóricas e seus meios técnicos de execução. Bases e métodos esses que continuarão sendo discutidos nas próximas aulas com as práticas de campo.

 

 

O Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, desde sua criação, baseia-se em legislação específica para a gestão dos bens culturais tombados, representativos de diversos segmentos da cultura brasileira; e a aula ministrada no sábado, 24 de janeiro de 2015, no Curso de Pós-graduação em Arqueologia da Faculdade Redentor que se realiza nas instalações do IAB, tratou da questão Legislação/Patrimônio por Regiane Gambim (arqueóloga do Iphan). Foram discutidas leis, decretos e portarias sobre os bens patrimoniais.

 A proteção constitucional infraconstitucional. Os crimes contra o patrimônio cultural e da competência do Estado para apurar. A relação organizações internacionais (UNESCO e OEA) e o patrimônio cultural. Quais são os Documentos Internacionais importantes e relativos à proteção do patrimônio cultural e material e imaterial. Direito à Cultura e Direitos Humanos.

No domingo, 25, o professor Ondemar Dias forneceu aos alunos (de origens e formações diferenciadas), uma visão dos diversos conjuntos de métodos arqueológicos, suas bases teóricas e seus meios técnicos de execução. Bases e métodos esses que continuarão sendo discutidos nas próximas aulas com as práticas de campo.

 

 

Posts Relacionados

A EDITORA DO IAB

Em Comemoração ao 61º aniversário do Instituto de Arqueologia Brasileira a IAB EDITORA inicia, a partir do mês de Junho de 2022, a publicação de uma série de artigos e de livros assinados por autores institucionais. Os artigos serão divulgados de forma gratuita, solicitando-se, como de praxe acadêmico, que cópias ou trechos retirados dos mesmos citem a procedência. Tal medida visa garantir os direitos autorais e, inclusive, responsabilizar os próprios autores pelos pontos de vista e perspectivas divulgadas.

Ler Mais »

Edital Público Beneficia Crianças e Jovens da Comunidade de Santa Tereza

Através do Edital de Chamamento Público Nº 001/2021 – que concedeu subsídios mensais oriundos do Fundo Nacional de Cultura para Espaços e Entidades Culturais – o Município de Belford Roxo, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura, contemplou o Instituto de Arqueologia Brasileira, por meio deste Edital, o qual realizou intensas atividades socioculturais durante os meses de vigência do mesmo.

Ler Mais »

IAB Realiza Projeto Social com Escola da sua Comunidade

Através do Edital de Chamamento Público Nº 001/2021 – que concedeu subsídios mensais oriundos do Fundo Nacional de Cultura para Espaços e Entidades Culturais – o Município de Belford Roxo, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura, contemplou o Instituto de Arqueologia Brasileira, por meio deste Edital, o qual realizou intensas atividades socioculturais durante os meses de vigência do mesmo.

Ler Mais »